HOSPEDARIA DOS IMIGRANTES DA PEDRA D'ÁGUA

A Hospedaria dos Imigrantes da Pedra D'Água foi inaugurada em 1889 na entrada da baía de Vitória em uma área pertencente hoje ao município de Vila Velha. Localizada bem próxima à Prainha onde, em 1535, desembarcaram os primeiros colonizadores, sob o comando do donatário Vasco Fernandes Coutinho.

.
Hospedaria, início do Século XX.

Em 1924 o edifício foi transformado em Penitenciária do Estado, situação que permanece até os dias atuais, com a denominação de Instituto de Reabilitação Social (IRS).


.
Hospedaria, por volta de 1910.

Entre os anos de 1889 a 1900, período do maior fluxo de imigrantes para o Estado, a hospedaria recebeu mais de 20 mil imigrantes, conforme números extraídos da base de dados do projeto Imigrantes Espírito Santo. De acordo com o levantamento nominal, os números de entrada de imigrantes para o período, bem como as nações de origem dos mesmos, são os seguintes:


Tabela 1 – Número de imigrantes de acordo com o ano de chegada:

Ano

1889

1890

1891

1892

1893

1894

1895

1896

1897

1898

1899

1900

Imig

2.837

383

4.454

552

3.102

4.044

4.632

3.122

113

10

6

19

Tabela 2 - Nação de origem e o respectivo número de imigrantes:

País

Alemanha

Áustria

Bélgica

Espanha

França

Grécia

Holanda

Itália

Imig

143

75

9

2.480

34

2

5

18.633

 

País

Polônia

Portugal

Rússia

San Marino

Suíça

Ucrânia

Outros

Imig

92

1.219

104

363

13

70

27

É necessário observar que estes números referem-se apenas àqueles imigrantes que deram entrada na Hospedaria antes da inauguração do edifício. Antes, porém, o desembarque se dava diretamente no porto de Vitória e os alojamentos, quando existiam, ficavam localizados em barracões improvisados nas circunvizinhanças da capital ou então as familias seguiam diretamente para as colônias.

Portanto, os imigrantes que chegaram ao porto de Vitória até 1888 não passaram pela hospedaria de Pedra D’Água, bem como aqueles que entraram diretamente pelas vias fluviais, principalmente ao sul da capital, como: Benevente, Itapemirim e Itabapoana, quando então procediam do Rio de Janeiro, onde já haviam passado pela Hospedaria da Ilha das Flores, e não necessitavam passar por Vitória para alcançar ao seu destino.

.

Comunidade no Orkut: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=34417367